novas


. Intervalo-Escola: intervalo em curso – dia 29/03, lançamento da publicação relativa aos processos vividos pelo grupo de trabalho ao longo das imersões no estado de São Paulo e do Amazonas. Intervalo-Escola está na lista de projetos pré-selecionados para o Prêmio Select de Arte e Educação.


. Explode! Residency e Ataque no Cidade Queer: lançamento da publicação impressa e do minidocumentário que compreende a curadoria dessa residência internacional e de uma batalha de dança, idealizada e realizada por Cláudio Bueno e João Simões, em colaboração com Lanchonete.org, Musagetes e grupo colaboradores

. Explode na mostra Motumbá: memórias e existências negras. Cláudio Bueno e João Simões realizaram, no Sesc Belenzinho, a curadoria do recorte LGBTQ+ da mostra, entre os meses de dezembro de 2016 e março de 2017.


. Explode! Umzabalazo: no mês de abril a plataforma Explode trará ao Brasil a performer UMLILO (África do Sul), que apresentará seu show no Sesc Belenzinho (28) e Itaquera (29), além de coordenar um workshop na unidade Santana entre 1 e 5 de maio – inscreva-se. O workshop buscará fomentar o fortalecimento de uma luta global desde uma perspectiva do corpo e suas dimensões estética, política e social.

Que lugar é esste? Dissertação de mestrado realizada no depto. de Artes Plásticas da ECA-USP (clique para baixar o PDF)

Resumo

Que Lugar é Esste? é uma pesquisa teórico-prática que verifica aspectos do lugar na arte e seus desdobramentos críticos no espaço social conectado. Os lugares são colocados em relação (entre lugares, dentro e fora). São permeados pelos fluxos informacionais e tensionados por conflitos que reúnem: abertura e fechamento, especificidade e multiplicidade, fisicalidade e virtualidade. A partir do cruzamento de diversas formas de compreensão do lugar na arte, três situações são analisadas sob o ponto de vista do lugar conectado. São elas: a residência, os deslocamentos e os aqui chamados lugares enunciados. O trabalho também compreende uma parte experimental composta pelos projetos artísticos: Casa Aberta, The Lovers, Estrelas Cadentes e O Transporte #1, todos desenvolvidos em 2009. São observadas novas formas de perceber e se relacionar com esstes lugares, entre a demasiada presença do outro e a solidão, as territorializações e desterritorializações, as desestabilizações e o controle, as negociações e transgressões. Perguntar que lugar é esste, é sugerir um lugar difuso, de difícil circunscrição, que pode não estar somente aqui, nem lá, mas no lugar entre um e outro, no vácuo da conexão entre ambos. É também o modo como indagamos sobre o lugar desconhecido, principalmente em situações de trânsito.